Empreendedorismo jovem, literacia financeira e o primeiro cartão da minha filha

17.3.21

Acredito que lhe corra criatividade no sangue. Inventa soluções engraçadas, faz tshirts com tecidos que encontra em casa da avó, cose à mão (mas quer uma máquina de costura) e, todos os dias, desenha e lê. Assim é a minha filha mais velha.

No outro dia, mostrou-me umas flores que, impressas em papel adequado, se transformariam em autocolantes. Adorei a ideia. Disse-lhe: preciso de umas etiquetas para colocar nas caixas que usamos para enviar os livros e sugiro-te que me faças uma proposta. Respondeu-me que a ideia dela era, justamente, essa: vender essas etiquetas porque já tinha visto isso na internet.




Gosto deste lado empreendedor que a minha filha mais velha tem. Deixá-la livre é impedi-la de pensar que há impossíveis. Arranja soluções simples para situações que parecem complicadas, adora ordem e harmonia.

Sugeri que começasse com testes, que verificasse se de facto iria resultar ou não e que, quando estivesse tudo bem, poderíamos abrir uma loja no Etsy. Eu entraria com parte do capital para as impressões, ela com o talento e mão de obra. Ficou super entusiasmada! Mas não se ficou por aí.


No dia seguinte, disse-me:
“Mamã, estive a ver na Internet e gostava de ter um tablet, disse-me um destes dias. Tu tens o teu, estão lá as aplicações que uso para desenhar, mas muitas vezes estás nele e eu não me posso dedicar tanto a elas. Gostava que me desses permissão para pedir aos avós para me oferecerem dinheiro no meu aniversário, para juntar e comprar o meu tablet, a caneta e poder praticar mais."

Nestas coisas, sabe argumentar, sabe o que quer e também sabe escutar. Fomos ver as economias e disse-lhe que seria ideal colocá-las numa conta. A Revolut tinha-me contactado há pouco tempo para me falar do cartão Revolut Junior. Com quase 12 anos, está na hora de começar a lidar mais com dinheiro, poupanças e investimentos. A literacia financeira, estar à vontade para falar do tema - porque diz respeito ao nosso dia-a-dia - é um ponto que considero absolutamente necessário. Falei-lhe disso e das características do cartão: “tens até 40 euros para gastar por mês. E ao gastar tudo, não estás a poupar - então podemos falar sobre isso, sobre esses gastos, sobre consumo consciente e sobre paciência.
Começamos nas conversas. Já falou com os avós para o tablet e anda a fazer testes aos desenhos.






De repente, empreendedorismo, gestão financeira passaram
a ser temas em cima da mesa. Mas veio outro quando ela me diz que preciso de dar aos avós o número da conta para que eles depositem o dinheiro do seu aniversário. Expliquei-lhes que eles lhe darão esse valor num envelope (todos os avós fazem assim, não é?) e que depois serei eu a depositar o valor. Na verdade, apenas os pais podem fazê-lo. Ela perguntou-me porquê. E para cima da mesa veio o tema da internet, de pessoas que aliciam as crianças e jovens a tirarem fotos aos seus corpos em troca de dinheiro. Ou outras situações. Falámos mais uma vez sobre esse tema e ela entendeu a lógica. Ficou feliz por terem pensado nisto.






Para que possa ter o seu tablet, precisamos de aderir ao cartão Revolut Junior para que se possa depositar valores maiores - uma vez que existe o plano Metal - mas também movimentar a conta para que ela possa comprar o SEU tablet, fruto das poupanças que fez e, quem sabe, de alguns rendimentos que possa retirar da pequena sociedade que vamos ter.
É fácil falar de dinheiro e dali partir para investimento, persistência, sonho, foco, dedicação, perigos e, claro, de literacia financeira.

Somos dos países onde menos se poupa, onde não conhecemos o exato valor das coisas, e não sabemos mais porque não aprendemos. Para algumas pessoas, falar de dinheiro é falar de um bicho papão. Para outras, é difícil fazer poupança. 


Este contacto da Revolut veio na hora certa. Podes ler mais sobre as condições aqui e fica a dica para trazeres todos este temas para cima da mesa!

Post em parceria com a Revolut

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share