Dia Mundial do combate ao Bullying: Sobre o agressor

20.10.17
Hoje é o dia mundial do combate ao bullying. Bullying define-se como uma ação de agressão (verbal, física, online) que tem como objectivo causar dano e é feita de forma continuada.

Todos nós já fomos agredidos de alguma forma e isso não tem de ser visto como bullying. O bullying é intencional e continuado.

Muito se fala sobre a vítima. Já neste blogue escrevi acerca de estratégias para se ajudar os miúdos a defenderem-se e a afirmarem-se. Mas a verdade é que pouco se fala sobre o agressor.

O agressor é, por sistema, alguém que, para se sentir forte, tem de diminuir o outro. Na verdade não é o mais forte. Com frequência, ele próprio é vítima de agressão por parte de outros - em casa, noutro grupo de amigos ou já foi vítima de bullying escolar, numa outra altura. O que prova que, ao contrário do que se possa à primeira vista pensar, é também um elo fraco.

E é urgente falar-se e revelar-se o perfil do agressor. Com muita frequência colocamos a nota na vítima. Mas precisamos de dizer e dar a conhecer o perfil deste. Para que todos saibam o que está por trás de tanta agressividade: uma dor e uma fraqueza e assim possamos olhar para ele de outra forma. Não é nele que reside o poder mas antes uma enorme vulnerabilidade. E quando ele souber que é igualmente vulnerável, talvez possa conseguir parar a agressão.







Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share