AUTONOMIA: COMPETÊNCIAS CHAVE A DESENVOLVER NO PRÉ-ESCOLAR

4.5.17


A escola, tal como disse aqui, tem um impacto importantíssimo na vida dos nossos filhos, sobretudo nos primeiros anos, no pré-escolar. É nesta altura que os miúdos, muitos filhos únicos, aprendem a partilhar [ainda que esta competência seja accionada no cérebro depois dos 4 anos], a estar em grupo e a ter noção que há necessidade de regras e ordem em diferentes ambientes como a casa dos pais, a dos avós e a escola, por exemplo. E que nem sempre são as mesmas em todo o lado. E isso é incrivelmente positivo porque permite à criança desenvolver o sentido de adaptação.

Para além do programa referente ao projecto pedagógico que deverão cumprir, as crianças podem ser convidadas a trabalharem outras áreas igualmente importantes e que são as competências sociais e que, nesta altura da sua vida, são essenciais, como já aqui falei por diversas vezes.

A autonomia é uma dessas competências e está relacionada com a criatividade e com a vontade de aprender, assim como com a auto-estima. Daí que seja fundamental propormos atividades um pouco mais desafiadoras e deixá-los fazer. É determinante que possamos educá-los para que sejam resilientes e que possam recomeçar sempre que falhem. A persistência está, pois, associada à autonomia.
Mas dos 0 aos 6 anos anos que tipo de autonomia podemos trabalhar? 
A capacidade que a criança tem em organizar o tratar do seu espaço e objectos: arrumar a cadeira, limpar a sua mesa, dobrar roupa, arrumar livros;
A capacidade que a criança tem em fazer novos amigo, dirigir-se a um adulto e fazer um pedido, em expressar-se com as palavras correctas;
A capacidade que a criança tem em disponibilizar-se para ajudar um colega, reparar que a luz ficou acesa ou voltar para trás para colocar o papel que caiu ao lado do caixote do lixo dentro.

E para que tudo isto aconteça, do que é que ela precisa mesmo? Apenas de um adulto disponível, bom e que se lembre que a criança está em fase de crescimento e que a repetição são mestres.

Felizmente, temos recebido cada vez mais pedidos de escolas e também de profissionais para aderirem ao Programa 360º que envolve toda a comunidade escolar: educadores e auxiliares, pais e crianças. As ações são claras, concretas e práticas e, por isso, fáceis de aplicar na prática, com um enorme retorno. Aprendemos a olhar para o grupo de crianças e para cada uma delas em específico, criando uma ambiente saudável e que promove a aprendizagem da melhor forma possível: com alegria!

Podes ler mais sobre autonomia aqui e podes inscrever-te na ação que vamos levar ao Algarve, aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share