Quando ele já não acredita nele próprio - a importância da experiência em 3 pontos fundamentais

2.2.17



Este post vem no seguimento do que publiquei na segunda-feira e que podes ler aqui.

Dizia-te no início que há duas formas de convencer uma criança, sem termos de a convencer.
A primeira passa pelo poder das perguntas e a segunda pelo poder das experiências. Sobre as perguntas podes ler no de segunda.

É tão bom sentirmos que temos valor e que a perfeição reside na nossa autenticidade e nas nossas imperfeições.

1. Dá-lhe do teu tempo
É evidente que este seria o primeiro ponto mas tantas vezes esquecemos ou deixamos andar, achando que está tudo bem e que isto é só importante quando ele precisa mesmo. Mas não. É sempre. E se é assim tão complicado, por causa da gestão do teu tempo, pára e pensa no que é realmente importante para ti. Tens alternativas?
Não é tempo de qualidade apenas. É de quantidade, também.

Não é porque não conseguiu algo que lhe vais dar o que ele quer a seguir. Não é o que ele vai receber que é importante. É muito importante a forma como ele lida com o que aconteceu e tu podes ter um papel importantíssimo nisso. Aprende a acolher os sentimentos.

3. Aceita a imperfeição
Somos todos imperfeitos e nunca a perfeição foi o nosso objectivo e antes a melhoria contínua. Sê tu o modelo e mostra-lhe como lidas com a tua imperfeição e como te superas, também. Não é um paradoxo, é a arte de nos transformarmos!




Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share