Quando ele já não acredita nele próprio - as 3 dicas que fazem toda (toda) a diferença

26.1.17


Se há ideia que eu gostaria que retivesses é esta: os teus filho não acreditarão nas tuas palavras. E não acreditarão sobretudo naqueles momentos em que a sua voz interior fala mais alto. Não são as nossas palavras que os vão convencer do contrário. Então é o quê?

- É o poder das nossas perguntas [ e aqui ajuda conhecer algumas técnicas da comunicação positiva]
- São as experiências que vão ter

Nesta fase em que alguns começam os testes, ou numa fase em que se é exigido mais, alguns miúdos insistem que não conseguem, que não são capazes e que não vale a pena insistir. Alguns farão tudo o que precisam para nos fazerem acreditar que é mesmo assim e que deveremos desistir porque nem eles acreditam. E por isso mesmo, volto a dizer, não vale a pena continuares nesse caminho.
Continua a ler para descobrires o que fazer:

1. Sê empático
'Parece que estás mesmo desmotivado/com pouco alento'
Não é porque verbalizas aquilo que vês que ele vai sentir-se menos motivado. Pelo contrário. Ele vai sentir que olhas para ele e não o tentas convencer daquilo em que ele acredita. E também vai sentir que pode sossegar e deixar de te convencer. E é nesta altura que baixa um bocadinho a guarda. E tu vais daqui para o segundo ponto.

2. Explora
Explora o que é que ele gostaria que acontecesse. Coloca boas perguntas [há técnica, há sim senhora!], explora, sê curioso.

3. Explora ainda mais
E agora, depois de teres feito todas essas perguntas, pergunta-lhe do que é que ele precisa para que isso aconteça. Torna-te útil e sê a mão que ele precisa. Ou sugere opções.

Em suma, é ele que se vai convencer, é ele que vai encontrar (parte) do caminho.

Aprendi que nunca devo convencer ninguém de nada. Posso fazer boas perguntas e posso ser o exemplo. E é tudo.

Sobre as experiências, falo no próximo post.




1 comentário:

  1. Adoro tudo o que leio nos emails que mandas...gostava de saber se posso levar as tuas palavras ao mundo e assim ensinar como tu me ensinas tanto!
    Adoro ser mãe e cada bocadinho é um triumfo para mim. Mas tenho ainda tanto que aprender
    bjs. o meu filho esta quase a cair do sofá tenho que ir
    hihihi

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share