Conheces a técnica das 3 camadas?

20.10.16


A chegada do Outono não tem de ser necessariamente sinónimo de recolhimento. Sobretudo para quem tem crianças. Especialmente porque, como sabemos, quanto mais os miúdos estiverem em contacto com a natureza, mais libertam as energias negativas, mais se enchem de energias boas e saímos todos cansados mas felizes, mais próximos uns dos outros. E é justamente esta cumplicidade e a criação de uma intimidade familiar que procuramos sempre que saímos só os 4 ao fim-de-semana.

Portugal não é um país onde faça frio polar mas é verdade que se não nos soubermos proteger do frio, da humidade e do vento, estaremos a comprometer o conforto necessário a estas atividades.


O outono já começou e estes dias que ainda são bons (e grandes) convidam a passeios de bicicleta e a picnics. Saímos de casa ainda cedo, e levamos a merenda num saco fácil de transportar. Ficamo-nos pelo básico e prático - uma massa com pedaços de frango grelhado, fruta, um quietinho e pão. Levamos água, uns iogurtes e umas fatias do bolo que fiz de véspera. Claro que não podem faltar as bolachinhas que vão tapando a fome e a vontade de comer do mais pequeno. 
Também somos práticos naquilo que vestimos e aqui reconheço que me vou inspirando online, no site da Vertbaudet. Os miúdos levam sempre 3 camadas. A técnica das 3 camadas é perfeita para esta altura do ano! Uma t-shirt de manga curta, outra de manga comprida e um blusão com capuz que protegerá de alguma mudança de tempo inesperada. Como vamos pedalar, a miss leva umas leggins e ele leva uns shorts.

Gostamos tanto destas saídas a 4 que já identificamos alguns spots engraçados para irmos passear de bicicleta sempre que não chover.


E quando chover, como fazemos? Vamos na mesma! Queremos visitar museus, conhecer e dar a conhecer mais da nossa história. Se é chato andar à chuva? Claro que é mas nós não andamos. O que fazemos é que não ficamos em casa. Vestimos um bom impermeável ou um corta-vento, umas boas botas, voltamos à técnica das 3 camadas e trocamos a t-shirt de manga comprida por uma camisola mais quente, uma echarpe que aconchega, ou mesmo um gorro de outono (que bem pensado, Vertbaudet!!) e está feito.

Nós, gente adulta e grande levamos uma mochila para irmos guardando a roupa que se vai tirando, a água e as peças de fruta e bolachas. 


Organizar saídas com miúdos não tem nada de extraordinário, apenas te pede alguma organização e simplicidade. Que o mau tempo e o frio não te façam ficar retida em casa… só se for para fazer biscoitos com eles e tomar um chá quente em frente a uma lareira.


Uma das coisas boas de se ter um blogue é a possibilidade que temos em nos associarmos a marcas que nos dizem muito e aceitar desafios como foi este que a Vertbaudet me lançou.
A Vertbaudet sabe que cá em casa valorizamos as saídas em família e o fazermos coisas juntos. O desafio foi então escrever e partilhar este lado mais íntimo de como praticamos estas nossas convicções no dia-a-dia. Espero que te inspire a sair de casa, sem receio do frio ou da chuva e a valorizar as saídas em família, tão, mas mesmo tão importantes para construirmos um sentimento de tribo profundo.

4 comentários:

  1. Bom dia,

    Nós cá em casa também somos adeptos de passeios de bicicleta.

    Onde fica essa ciclovia??

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Vila Nova de Cerveira uma das vilas mais belas de Portugal.....

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share