Como é que explicas isto?

16.8.16
Estivemos na Madeira em Maio e fizemos amigos para a vida. É comum fazermos facetimes, enviarmos mensagens uns aos outros. E por isso é natural que os miúdos tenham ficado muito preocupados quando perceberam que havia fogos na Madeira. E no Continente. E então perguntaram-me:

-Mas porque é que há fogo na Madeira? 
-Porque alguém lançou fogo, filha.
-Mas porque é que alguém faz uma coisa dessas?

Pára tudo.

Como é que explicas uma coisas destas a uma criança?
Como é que explicas que alguém possa matar outra pessoa?
Como é que explicas que haja pessoas que batem noutras?
Como é que explicas que possam deixar os quartos de banho públicos sujos?
Como é que explicas que se minta?
Como é que explicas que se roube?

Como?

Em parte, quando começas a explicar, é como se houvesse uma razão para que se possa fazer o que não é suposto fazer-se. É quase como se houvesse uma permissão. Que não há. E sim, as explicações são necessárias mas ainda assim sinto que é um paradoxo muito grande.




1 comentário:

  1. Como é que explicas que o tio, que a criança adora, bateu no cão dele porque se tinha portado mal, enquanto lá em casa somos cuidadores extremosos de toda a vida animal?!?!?
    E como é que se sai desse paradoxo de achar, que ao explicar o inexplicável estamosa justificar/permitir?!?
    Beijnhos do Maputo

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share