Podemos pedir aos irmãos que sejam os melhores amigos? | A Praça | RTP 7 Junho 2016

7.6.16


Podemos pedir aos irmãos que sejam os melhores amigos?
Podemos desejá-lo e isso é comum, enquanto pais. A nossa ideia é que eles sejam tão amigos que se possam sempre defender e ajudar. Mas esse é o nosso desejo. E nem sempre isso vai acontecer. E porquê?

Porque no início dos tempos, pedir a um irmão que seja o melhor amigo do outro é igual a pedir que goste do seu rival. A chegada de um irmão é assumida como uma perda de um lugar ou pelo menos pela necessidade de partilhar território e propriedade com esse irmão. E portanto o irmão, apesar de poder ser desejado pelos pais e pelo filho, é também uma ameaça.

O que podemos fazer é ajudar os nossos filhos a lidar com os conflitos que vão ter, sobretudo quando são pequenos, a saberem comunicar um com o outro e a resolverem as suas situações.
Esta aprendizagem é feita em todas as situações de conflito e por isso é que o conflito pode ser visto como excelente forma de aprendizagem. Quando os miúdos aprendem a respeitarem-se, quando aprendem a negociar e a lidarem com as suas divergências estão um passo mais próximo para conseguirem gostar um do outro sem se sentirem em constante competição.


Isto quer dizer que nos devemos meter no conflito ou não?
O ideal é que não nos tenhamos que meter ao ponto de ter de decidir o que vai acontecer. Dizer aos miúdos como tem de ser, e depois concluir com um ‘vá, agora pede desculpas ao teu irmão e dá-lhe um beijinho’ tira a possibilidade às crianças de se sentirem valorizadas e escutadas e de resolverem o conflito.



Conflito A
A Joana nunca se interessou por uma coleção de livros que os pais lhe deram. A Maria, que está agora a aprender a ler quer começar a lê-los mas a Joana não os quer emprestar.

Joana: São os meus livros, larga já isso, que isto não é teu.
Maria: Mas tu nunca quiseste saber destes livros para nada.
Joana: Mas são meus e agora quero saber. Dáaaaaa-me! Tira as mãos daqui!
Maria: Sua invejosa!

Resolução/mediação
Mãe: estou a ver que estão a discutir e parece ser muito sério. 
Maria: A Joana não me quer emprestar os livros que já não lê
Joana: São os meus livros e eu faço deles o que quiser.
Mãe: estou a ver que temos aqui uma situação séria e que vos está a chatear. Os livros são da Joana e agora a Maria também os quer começar a ler, é assim?
(as duas filhas): Sim.
Mãe: Bom, vejam então como é que conseguem resolver a situação, eu tenho a certeza que encontrarão uma excelente forma de conseguirem ficar as duas satisfeitas.

[E a mãe vai embora]

O que aconteceu?
A certeza da mãe vai potencial a resolução do conflito. Porque a mãe não tomou partido, nenhuma se vai sentir no papel nem de vítima nem de agressora, o que é comum acontecer e vão chegar à negociação que é a ideal, naquele momento e naquela situação.
Quanto mais nos metemos mais a rivalidade entre irmãos aumenta. Na verdade, é comum repararmos que sempre que decidimos intervir as crianças não querem que os pais se vão embora porque querem que os pais tomem o partido deles. E todas as crianças têm uma intenção positiva quando decidem algo - mesmo que possa não parecer assim.


Que outras coisas os pais podem fazer para potenciar uma melhor convivência entre os filhos?

1) O primeiro passo é assumir que nenhuma relação é isenta de conflito.
2) Não tomar partido – apenas mediar. Como é que isto se faz? Descrevendo o que estamos a ver e procurando descobrir quais as necessidades de cada criança naquela situação.
3) Confiar e devolver-lhes a capacidade em resolver a situação.
4) Mediar, sugerir, sempre que necessário
5) Criar experiências em que as crianças possam testemunhar e apreciar o que o outro tem de melhor – prepararem surpresas, reconhecer o esforço, fazerem coisas em comum.

Podes ver aqui os objetivos desta ação e também nos podes contactar via cursos@parentalidadepositiva.com


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share