Beat it ou o código fun

23.5.16


Um bocadinho na linha do último post de educação e parentalidade positiva, tenho um novo desafio para ti.
Da próxima vez que o teu filho fizer uma coisa que tu não gostas [yep, do tipo dar-te um empurrão, um estalo ou pôr a língua de fora ], brinca, goza!
Como?
Assume que a partir de agora aquele empurrão ou língua de fora é um código entre ti e ele.
‘Um código?’, dizes tu? Yep!
E que tipo de código? O código fun!
E depois? Da próxima vez que ele deitar a língua de fora, põe-te a cantar e a dançar uma música qualquer, de forma muito teatral. Queres uma música? Eu uso esta. Não sei de cor a letra toda mas dá-me um swing brutal e não tenho de pensar muito. A própria música diz ‘beat it’.
Na maior parte dos casos, essa careta é a forma dele mostrar que não está feliz e ainda está a aprender a gerir emoções e sentimentos. Tu também de vez em quando não te passas?
Mas a questão é: se for uma careta daquelas que tu sabes que não é de maldade ou um empurrão que foi mais um reflexo que outra coisa, porque razão levar a coisa tão séria?

http://youtu.be/meT2eqgDjiM

1 comentário:

  1. Olá Mum! Descobri este blog há pouco tempo e estou a adorar explorar este conceito fantástico da parentalidade positiva. Como novata que sou (por aqui e como mãe), tenho alguma dúvidas.
    Por exemplo, a estratégia sugerida neste post não pode levar à criação de una espécie de reflexo "quero ver a minha mãe a cantar e a dançar aquela música gira, deixa-me lá dar-lhe mais um pontapé/língua de fora/estalo"?
    Obrigada e parabéns por este cantinho cheio de qualidade

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share