Como colocar limites de forma eficiente e sem gastar energia

12.11.15
Para quem pensa que Parentalidade Positiva é Parentalidade Permissiva, deixa-me que te diga que colocar limites claros, justos e que ensinem não é tão simples quanto isso.

Como sabes, mimo a mais não estraga – o que estraga é a falta de limites, justamente.

O truque está em colocarmos limites justos e apropriados. A nossa missão é manter os miúdos em segurança (física e emocional) e ensiná-los nas mais diversas situações e oportunidades.

Por isso não exageres nos limites nem sejas picuinhas. Escolhe aqueles que vão ser os mais importantes para o crescimento deles e mantém-te fiel ao que decidiste.


João Maria, já te disse para não saltares em cima do sofá! Não te volto a dizer!!

Diz antes:


João Maria, tu gostas tanto de saltar! Salta aqui no chão, que também pode ser divertido e pelo menos não corres o risco de cair.

João Maria, eu sei que tu adoras saltar no sofá! Vê-se na tua cara. Agora preciso que te sentes aqui um pouco, sem fazer barulho. Vamos aproveitar e ler uma história. Qual preferes?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share