Próximos workshops à distância e o que se diz!

11.8.15

Gosto, cada vez mais, deste formato à distância. Inicialmente, podes estranhar porque não é presencial nem sequer há imagem. Mas a verdade é só uma: não precisamos da imagem. E isso proporciona uma maior abertura, uma maior aceitação e também uma maior concentração.

Os próximos workshops à distância serão já em Setembro, pelo que te peço que fiques atenta.
Vão surgir temas novos até ao final do ano.

Se ainda não o fizeste, assina a newsletter porque vais receber informações em primeira mão, mesmo antes de divulgar no blogue. Lembra-te de ires confirmar a assinatura, validando o email que vais receber.

Até lá, e porque este é um formato pouco comum, aqui fica o feedback da Márcia, que participou na última edição. No final do workshop envio um pedido de avaliação. Deixo-te o texto na íntegra porque tenho a certeza que te ajudará a compreender melhor como é que tudo acontece.


Obrigada à Márcia e a todas que participaram!




De uma forma geral, este workshop com Coaching foi do seu agrado? Refira-se, por favor, aos seguintes pontos, na sua avaliação (organização geral do workshop; documentação; interesse das sessões; apoio entre sessões; participação de outras mães, outros pontos que lhe pareçam importantes).
Tinha grandes expectativas em relação a este workshop e em momento algum elas foram defraudadas.

Está bem organizado, a documentação que nos chega percebe-se que é cuidadosamente selecionada e perfeitamente enquadrada e orientada para as conference call. Para além de que é fundamental para que possamos recorrer a ela posteriormente, quando for necessário relembrar algumas temáticas ou mesmo para servir de consulta recorrente. A meu ver quanto mais dicas práticas tiver mais proveitosa será para os participantes.

As sessões têm um interesse repartido, numa primeira fase este é conferido na perfeição pela abordagem que a Magda faz aos assuntos mais relevantes, sendo que eu fiquei presa a cada palavra do princípio ao fim. Vale pelo conteúdo e muito pela forma como a informação é exposta, como a mensagem é passada. Numa segunda fase o interesse assenta nos enquadramentos das participantes e parece-me que será tanto maior quanto mais situações, ansiedades, preocupações, vivências houver em comum. E neste caso,no essencial, o que nos juntava nas conference call, era muito maior do que o que nos separava.

Em relação ao apoio entre sessões, apesar de a Magda se mostrar inteiramente disponível, acabei por não o solicitar muito. O ideal neste workshop é conjugar o que se vai aprendendo com a sua aplicação prática e para isso é necessário dedicação e entrega, que por sua vez não acontecem se não existir tempo, por isso e porque também tive oportunidade para tal, a partir da segunda semana o meu filho ficou a tempo inteiro comigo, para que assim pudesse fazer acontecer coisas maravilhosas, daquelas que enchem realmente o coração. O que quero dizer com isto é que é mais a partir daqui, caso o resultado não seja o esperado ou surjam dificuldades acrescidas, que se pode necessitar de apoio. Ou então não, no meu caso tudo evoluiu tão bem, fiquei tão surpreendida em alguns momentos pela forma como os conselhos, as dicas funcionavam que a única necessidade que sentia era a de partilhar.






Durante as 3 semanas, quais foram as suas maiores conquistas?
Ainda há pouco observava o Gonçalo e pensava como era possível estar a argumentar tão bem, a explicar-se de uma forma tão assertiva, a conjugar tão bem as palavras com o momento. Está a ser um grande salto que espero se torne gigante, porque o meu investimento neste aspecto também o vai ser na mesma medida. Esta evolução antes de a poder confirmar nele, teve que se sentir em mim enquanto mãe, com a ajuda da Magda, que me forneceu ferramentas essenciais, algumas que eu já usava e que confirmei a sua importância, outras que passei a usar, que acrescentei e que por sua vez acrescentaram muito.

Sinto também que o Gonçalo cresceu em autonomia, faz sozinho muitas coisas que antes não fazia, às vezes porque o lembro outras por iniciativa dele sem ficar à espera.

Outra grande conquista para o Gonçalo é ter uma mãe mais informada, mais consciente de alguns caminhos e com o foco direccionado para o sítio onde a magia acontece.




Terá este workshop contribuído para a sua transformação pessoal?

Sim, na medida em que me permitiu ver mais além, me alargou a linha de entendimento de alguns assuntos, me corrigiu algumas maneiras de fazer e de dizer, e me capacitou a fazer melhor, me colocou à altura daquilo que o meu filho precisava e eu ainda não lhe oferecia, me deu a oportunidade de fazer a diferença.


Se tivesse de escolher um ponto importante para si nestas 3 semanas, qual seria ele?
O ponto em que percebi o tamanho da diferença que pode ser feita apenas a partir de nós, pais, mães, às vezes de uma forma tão simples...mas muitas não percebida, aprendida, lembrada.


Qual a ferramenta mais importante que leva daqui?

Essa consciência, precisamente.

Gostaria, finalmente, que deixasse um pequeno feedback para que possa incluir no site e aquando da divulgação das próximas edições.
Para além daquilo que se aprende, partilha, corrige e nos coloca mais à altura do grande desafio que é sermos pais e mães, capacitando-nos a fazer melhor, é no brilho que depois conseguimos acrescentar aos olhinhos do nosso filho e na certeza de que o seu coração está mais cheio, que reconhecemos o valor desta formação, que nos coloca nas mãos a oportunidade de fazer a diferença.



Bem haja Magda por fazer acontecer...

3 comentários:

  1. Tentei subscrever a newsletter mas o formulário está desativado!

    ResponderEliminar
  2. O formulário dá erro!!

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share