Viajar

15.4.15
É muito verdade o que dizem, acerca de se viajar. Cá em casa há duas nacionalidades e por isso viajamos com regularidade para ver a outra metade da família. E, de cada vez que voltamos, eu venho diferente. Volto a focar-me e a reforçar alguns hábitos que considero fundamentais [como o comer mais saudável e a dar preferência a alimentos biológicos], mas também venho com a amarga sensação que, em Portugal, ainda vivemos desorientados.
Desta vez, nesta última viagem, o que foi flagrante foi ter percebido que nós, portugueses, temos uma imensa dificuldade em preservar o nosso património. Se é verdade que as baixas das cidades estão a ser renovadas e as casas antigas voltam a ser recuperadas e habitadas, também é verdade que somos os primeiros a deixar de lado as casas 'velhas' e a construir novo. O contrário passa-se, por exemplo, em zonas como a Alsácia, onde a procura pelo antigo e a vontade em manter o antigo é enorme. O respeito pelo património é imenso, não apenas das fachadas como também pelo próprio interior. É belíssimo verem-se casas que têm cerca de 200 anos serem habitadas por famílias muito jovens ou até estudantes universitários.
Chegando a Portugal, encontram-se prédios com 30 anos, envelhecidos, cheios de betão... Hmmm... que pena! e prontos a serem trocados por algo mais novo.
Será que isto não diz algo sobre nós?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share