Sobre a auto-estima e os amigos

20.2.14


A questão da Auto-estima de uma criança tem muito que se lhe diga, ou antes, pouco tem a ver com palavras e muito mais a ver com o que a criança sente e viva.


Na verdade, é a qualidade das experiências que ela tem que contribuem para que a sua Auto-estima esteja em equilíbrio. Nesse sentido, há coisas a que devemos estar atentos. Entre elas, é fundamental que possamos escolher com muita atenção a escola que os nossos filhos vão frequentar, os amigos que eles têm e os amigos com quem eles estão, fora da escola. É uma forma de controlar as experiências que eles têm e de os fazermos viver experiências positivas.

Se é mau fazermos este controlo? Claro que não. Aliás, se não estivermos ‘nem aí’, e em determinadas idades, isso pode até ser visto como negligência [ui? Negligência? Ela estará bem?]

Quanto mais experiências positivas os nossos filhos tiverem, melhor será a sua auto-estima, a noção de auto-eficácia, a sua auto-imagem and so on. Estando com crianças boas, com pais que são pessoas com valores e decentes, as crianças aprendem e sentem que é bom ser-se bem tratado. Mas mais do que isso: sentem que há espaço para serem quem são e por isso, quando estão num espaço onde podem ser autênticos, sentem-se seguros e com vontade de cooperar.


Ora, o natural será procurarmos ser bem tratados nas outras relações que desenvolvemos e ficarmos de pé atrás quando não somos. Todos precisamos de quem nos trate de forma decente e que nos faça sentir bem. Por isso é fundamental estarmos junto de quem nos trate assim. E mais ainda os nossos filhos.

---------
No Porto, os próximos workshops do Porto vão ser em Miguel Bombarda, nestes dias:

Sábado - 13 de Junho [9h30 - 13h00] - A Questão da Autoridade e da Obediência
Sábado - 20 de Junho [9h30 - 13h00] - A Auto-Estima da Criança

5 comentários:

  1. Sabes Mum

    Tu dizes essas coisas para as crianças.... mas aplicam-se tanto, mas tanto aos pais das crianças (aos adultos) também!

    Que bom haver alguém (Tu!) com uma partilha assim tão grande e generosa. Muito obrigada.

    ResponderEliminar
  2. Concordo tanto com isto! :)
    Obrigada

    ResponderEliminar
  3. Concordo tanto com isto. Confesso que tento controlar os amigos que tem fora da escola, porque claramente identifico aqueles que não são "amigos" e não vale a pena pensarmos que são só crianças e aquilo que fazem não é por mal, porque muitas vezes é. Agora controlar os amigos da escola, isso é que já mais difícil. Obrigada

    ResponderEliminar
  4. Um assunto que daria muito que falar... reconheço cada palavra, infelizmente!

    ResponderEliminar
  5. Muito bom. Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share