Conflitos entre irmãos | Parte 1

21.2.14
Uma das formas que temos de mostrar aos nossos filhos que os amamos tem a ver com a nossa capacidade em aceitarmos quem eles são. E é muito mais fácil dizer do que fazer. 

Conheço tantas famílias que me dizem 'ai os meus filhos são mesmo diferentes. São como da água para o vinho'. E sim, acontece com imensa frequência os irmãos serem muito diferentes. E porque são tão diferentes, é normal um estar mais próximo daquilo que os pais são ou, pelo menos, ter uma natureza mais fácil de lidar. E também é comum os pais darem-se melhor com um do que com outro. E comum é também ouvir os pais dizerem 'porque é que não és como o teu irmão', na esperança que o filho 'se toque' e pense para si 'é pá, vou é ser como ele e depois as coisas passam a correr bem.' Pois... era bom. 

Mas a verdade é só uma: embora possamos estar cheios de boas intenções, é muito mais difícil para a criança mudar e procurar comportamentos adequados quando é comparada, de forma sucessiva com aquele que é o seu maior rival:o irmão. Rival porque, quer se queira quer não, os irmãos lutam sempre pelo amor dos pais. De forma mais ou menos consciente mas, por dividirem o tempo e a atenção dos pais, sentem que dividem também o amor.

É apenas quando eu consigo aceitar a natureza do meu filho e aceito a sua forma de ser [que é diferente do meu jeito - e por isso nem pior nem melhor] que ele sente que é amado. 

E, não querendo cair num lirismo cor-de-rosa, a verdade é que é quando ele se sente amado que ele consegue arriscar, dar o melhor que há nele e desabrochar, encontrando as melhores decisões, não 'empatando' as relações e não criando conflitos.

Uma criança precisa de mais amor, sobretudo quando parece que precisa de menos. É o que esta frase quer dizer. Quando uma criança é mal comportada é porque não sabe ou não consegue ou não quer ter o comportamento adequado. E se isso está a acontecer, ela precisa da ajuda dos pais para lá chegar. E essa ajuda é dada em atenção positiva e consciente. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share