Como ajudar o teu filho a concentrar-se

23.12.13


Um dos males do século é talvez a falta de concentração dos miúdos, quer seja na escola, quer seja noutras situações do quotidiano.

Há quem diga que a culpa é do ritmo a que [decidimos] vivemos, há quem acuse a TV, os professores desinteressados e os pais que se despedem da sua missão enquanto educadores.

Pedir a uma criança que se concentre é como não dizer nada porque há muitas que não sabem como fazê-lo.

Há quem também pense que a criança não é inteligente e a própria criança começa a olhar para si como alguém com menos capacidades intelectuais. Mau, muito mau!

Não há fórmulas que ajudem uma criança a focar-se mais na actividade que está a desenvolver - ela tem de querer fazê-lo e perceber do interesse.

No entanto, há formas de habituar o seu cérebro a atingir mais rapidamente o estado de flow - é assim que se chama aquele momento em que nos desconectamos de onde estamos, e de quem somos, para passarmos a estar unicamente presentes na actividade que estamos a realizar.

Bichos carpinteiros
Uma boa ideia é levares os teus filhos a um museu ou a um lugar de culto e pedir que fiquem tranquilos e em silêncio - esse será o maior foco [é que a concentração exige diminuir o ritmo e a sua intensidade]

Hora da história
Adoro contar histórias à minha filha e no final, e ao longo dos outros dias, ir colocando questões sobre essa mesma história [assim vejo até que ponto ela estava atenta e activo a sua memória e concentração - a busca de informação que já lá está]

Brincar com as mãos
Ajudá-los em tarefas como o desenho, colagens, plasticina ou barro. Até eu treino a minha capacidade de foco!

Estado Zen
Vou gostar também de começar a meditar com a minha filha.

A dica final
Finalmente, retirar tudo o que possam ser distrações - e ter uma música suave como pano de fundo.


Quando experimentamos o flow, o cérebro reconhece como sendo uma actividade em que nos concentramos e numa próxima vez torna-se mais fácil aceder a ela. Por isso, quanto mais oportunidades criarmos aos nossos filhos para eles se concentrarem e entrarem no estado flow, mais rapidamente o farão das próximas vezes: na escola, em casa e onde for preciso. É simples? É! E exige muita concentração e foco da tua parte [estar-se motivado é outra conversa, ok?]


1 comentário:

  1. pois é, assim criamos crianças bem mais felizes! o meu mini ser acompanha-me muitas vezes enquanto faço yoga: deito-o no tapete e ele vê os meus movimentos, toca-me e fica muito sereno a observar tudo com extrema atenção! eu olho-o, falo com ele e beijo-o cada vez que a minha boca de aproxima dele... é muito giro e acredito que seja um bom caminho para o prepara para a meditação e concentração!
    Beijos grandes da costa alentejana, Xana

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share