A Pré-adolescência

18.12.13


Há um fenómeno que está a ser estudado neste momento e que é muito recente. É a pré-adolescência.
Este é um conceito que não existiu na minha altura.
E como é que aparece agora uma coisa destas? É uma moda?
Não me parece. É um fenómeno que está ainda a ser estudado.
Mas dizem que tem a ver com as muitas hormonas que ingerimos. E por isso os dentes nos miúdos caem mais cedo, as miúdas têm o período mais cedo. E com tanta transformação no sistema deles, também os comportamentos são afectados.

E formas para se contornar tudo isto?

4 comentários:

  1. No nosso tempo éramos crianças por mais tempo...

    ResponderEliminar
  2. Olá. Antes de mais, os meus parabéns pelo conteúdo do seu blog, descobri-o há pouco tempo pr acaso e tenho seguido com regularidade. No sábado passado assisti a um workshop sobre o tema " Ajudar a crescer e criar identidade". Uma das questões que se colocou foi exactamente esta, a pré adolescência. Tenho uma filha de 8 anos e por vejo vejo-me "grega" para lidar com a sua rebeldia e o medir forças comigo, é esgotante. A técnica que tenho usado é ela aprender com as suas escolhas e estando presente para a fazer compreender que a mãe está correcta nas advertências que faz e que da próxima seria melhor ouvir a opinião da mãe. Aprende e passado pouco tempo, volta ao mesmo. S.

    ResponderEliminar
  3. Isto tem tudo haver com o que comem, não se comem carne ou peixe, mas os químicos que os mesmos têm (incluindo fruta). O que faz os frangos e as vaquinhas ficarem mais gorditas, também acelera o metabolismo e o crescimento às crianças. Daqui a uns anos estão as mães a dar a luz bebés com barba! Acreditem!

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde. Uma das coisas mesmo muito importante é a alimentação. Não podemos fugir de tudo e vivemos num mundo moderno e industrializado, mas podemos minimizar alguns efeitos consumindo produtos biológicos (verdadeiramente biológicos, da nossa terra, sem aditivos), consumir menos carne (mesmo que não nos tornemos vegetarianos, podemos pelo menos consumir carne uma ou duas vezes por semana, peixe 1 ou 2 vezes por semana, e deixar os outros dias para algo mais leve e também mais saudável) - aqui, quem tiver interesse terá que pesquisar um pouco, mas o feijão, o grão, e outras leguminosas são excelentes fontes de proteína vegetais. Evitar o Fast Food (este é o pior inimigo). No fundo penso que sabemos todos como comer melhor, é preciso é interesse e força de vontade.

    Outras formas é sem dúvida estar mais com a natureza, e praticar actividades que nos desintoxicam e nos equilibram fisica e psicologicamente, como o YOGA por exemplo.

    Deixo aqui só este pequeno contributo sobre o que eu acho sobre este tema. Há muito mais a dizer, mas deixo o mote a quem se interessar.

    Obrigada pelo seu blogue, é muito interessante e ajuda-nos verdadeiramente.

    Marisa

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share