Movimento prega a 'desaceleração' da rotina das crianças

18.11.13















A infância se transformou em uma corrida rumo à perfeição, e as crianças, em miniexecutivos com agenda cheia de atividades.
É o que argumentam os partidários do "slow parenting" (pais sem pressa), movimento que prega justamente o contrário: que as crianças tenham menos compromissos e mais tempo para fazer nada.
A ideia, que tomou corpo na Europa e EUA, ganha força aqui. Na semana passada, a primeira edição do "SlowKids", evento em prol da desaceleração da rotina das crianças, levou 1.500 pessoas ao parque da Água Branca, em São Paulo.
Na programação, atividades nada tecnológicas: oficina de jardinagem, brincadeiras antigas e piquenique. "As crianças precisam desligar os eletrônicos e interagir mais com os pais", diz Tatiana Weberman, uma das criadoras do projeto e diretora da agência Respire Cultura.

6 comentários:

  1. Não concordo totalmente com o artigo, especialmente quando se referem negativamente à tecnologia, acho que nos devemos adaptar sempre à realidade e não devemos tentar viver no passado, e quando oiço a expressão "brincadeiras antigas" tenho logo tendência a fugir, acho que são isso mesmo antigas, não deviam vir com rótulo e se forem realmente interessantes para as crianças de agora, vão ser feitas enão me venham com tretas que todas as crianças continuam a jogar à apanhada e ao esconde esconde, basta passar perto de uma escola à hora do intervalo. E deixem os saudosismos de lado porque já ninguém joga ao peão porque há coisas muito, mas muito mais interessantes para fazer. Quando ao resto concordo totalmente :) As crianças de agora saíem de casa às 8 da manhã e regressam às 8 da noite, o que é realmente mau.

    ResponderEliminar
  2. Eu sou uma mãe tecnológica e o meu marido um pai super tecnológico. Adoramos as tecnologias e a nossa filha já as domina (no peso e medida da idade dela). Mas independentemente disso, tento que a minha filha tenha tempo para fazer o que lhe apetece, brincar com as bonecas, fazer desenhos, fazemos puzzles... tanta coisa. E hoje, nem de propósito, fizemos gazeta às rotinas e ela faltou à escola e fez o dia comigo, foi às minhas reuniões e estivemos de pijama toda a manhã.. ahahah soube tão bem esta segunda feira! :)

    ResponderEliminar
  3. Completamente de acordo! Quando era pequena e iamos de férias (em familia), íamos para uma quinta e queixavamo-nos que era uma seca e não tinhamos nada para fazer, o meu Pai respondia: "é bom assim aprendem a inventar..." das melhores férias de sempre...
    Margarida

    ResponderEliminar
  4. Inteiramente de acordo. As crianças precisam de ter tempo livre para brincarem ou não fazerem nada; precisam de não ter constantemente horários a cumprir! É a meu ver um dos pontos que mais se nigligência nos tempos atuais, sendo até, em muitos casos, mais para proveito dos pais (manterem os miúdos ocupados fora de casa para não serem muito incomodados) do que própriamente para o saber das próprias crianças.
    A minha filha mais velha (13 anos) frequenta aulas de street dance e hip hop, ao sábado de manhã, porque a dança é uma paixão para ela. A mais nova (5 anos) há tempos lembrou-se que também queria ir. Porém nesses dias começou a ficar bastante ansiosa e enjoada. Propus-lhe que ficasse em casa a refletir se era mesmo o que queria, se gostava ou nem por isso.Há quinze dias disse-me que não queria ir mais porque assim tinha dois dias inteirinhos (sábado e domingo) para descansar e brincar. Assinei em baixo.

    ResponderEliminar
  5. Eu tenho andado a falar nisto, não só em relação ao filhos, mas mesmo para nós adultos. Parece que se vive numa altura de "endeusamento" do stress e do estar ocupado. Tenho horror ao dia a dia das crianças com 1000 actividades extra-curriculares, com o horário sempre estabelecido, sem 1 dia que seja para fazer o que apetece, para ficar de pijama, para ir passear, sem horas para estar em lado nenhum. Que canseira!

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share