A biologia do amor

12.11.13
Já sabemos que o amor move montanhas.
E como sabes, o meu lema sobre educação e parentalidade positiva é 'Da cabeça para o coração.'
E a ciência vem então provar que o amor nos muda - e muito.
Espreita este artigo da Visão - super interessante!




Muito obrigada, Diana :)



1 comentário:

  1. Já tinha lido esta reportagem...está fantástica.
    É incrivel todas estas causas-efeitos-reações, hormonais ou não.
    Desde que estou gravida da Maria que a minha relação com o Mateus se alterou. Se já era boa...ficou ainda melhor. Se no inicio os enjoos me fizeram muitas vezes perder a paciencia, agora instalou-se a serenidade e paciencia...que ás vezes até eu duvido de onde vem!! Pergunto me muitas vezes como vou conseguir gostar de mais alguem como gosto dele... como pode caber outro ''amor destes'' no meu coração...mas todos os pais de + que 1 filho, me dizem que sim e como somos 4 irmãos...e sempre fui muito amada pelos meus pais (e sou a 4ª)...tenho que acreditar que a coisa se resolve!
    Espero que ocitocina funcione! :)
    Aida Ribeiro

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share