Elogiar a inteligência de uma criança

30.8.13


Já em tempos tinha falado sobre este assunto. Aliás, ao post, dei o nome de 'A moda das tabelinhas e do boa, meu filho'. Neste post expliquei que essa coisa do feedback positiva, que vamos aprendendo e ouvindo por aí tem de ser usado como sal na comida - nem muito nem pouco. 
Dar o tal feedback positivo, a torto e a direito leva a nada ou a porcaria.
Por isso, foi com felicidade que li este artigo enviado pela Andreia, que vale a pena ler, só para confirmar, boa?

 Obrigada minha querida! Have a safe journey now!


1 comentário:

  1. O primeiro capítulo do Nurture Shock (2009) - http://www.nurtureshock.com/ é exactamente sobre esse estudo, e, de facto, faz imenso sentido. Acho que foi uma das razões pelas quais comecei a evitar a matemática, e a desconfiar do que dizem os outros (quando eventualmente descobri que não era assim muito inteligente).

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share