Criança mimada vs Criança Mimada

13.8.13
A propósito deste post, aqui fica um exemplo do que é realmente esta diferença

Crianças "mimadas" são aquelas cujos pais não entenderam que, para bem do seu crescimento, há necessidade de explicar que nem tudo é possível e que existem limites, proibições e coisas que não se podem fazer nunca ou por enquanto.
Mas o mimo, quando significa afecto, quando significa respeito, beijos, colo, cócegas, risos, surpresas de vez em quando, reconhecimento, interesse real e valor, então esse mimo é bom e não estraga. Muito pelo contrário - constrói uma bela criança, com uma belíssima auto-estima. 
E faz tão bem aos pais também!

4 comentários:

  1. Acho que o melhor mesmo era existir um termo próprio para a primeira opção, pois na minha óptica mimo é tudo aquilo que que descreves na segunda opção :)Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou de acordo - criança mimada tem um tom negativo. então para o segundo poderia ser criança amada, que tal?

      Eliminar
  2. Também concordo! E acho que criança mimada é o que descreves na 2ª opção! A primeira deveria chamar-se de criança "estragada"... e que pena tenho destes meninos, pois não têm culpa... não só lhes falta muita coisa, como aos pais também falta...

    ResponderEliminar
  3. Também concordo! E acho que criança mimada é o que descreves na 2ª opção! A 1ª refere-se mais a criança "estragada", e como me corta o coração quando observo meninos assim... regra geral a culpa é dos pais e não deles... muitas vezes tentam colmatar falhas ao dar-lhes tudo, e na realidade dão-lhes muito pouco...

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share