Não há amor incondicional

3.7.13
Muito se fala em amor condicional.

'Ah e tal, amo os meus filhos incondicionalmente'.

Oiço tanto, mas tanto esta expressão que tenho a impressão que deixou de ter sentido. 
Que deixou de ter impacto. De ter significado.
Toda a gente a diz. Muitos dizem-na de forma totalmente vazia de significado.

Só que amar incondicionalmente tem muito que se diga. Obriga a uma pureza, a um não julgamento e a uma brutal aceitação do outro. O que, a bem da verdade, é muito difícil. Porque te obriga a aceitares que o outro não é perfeito, não é como o idealizaste, e obriga-te a teres uma grande tolerância à frustração. E a criares menos expectativas, a não entrares em competição. A aceitar. 

Não acredito que todos os pais amem incondicionalmente os seus filhos. Há pais mais ou menos competentes (e se é uma competência, esta coisa de educar aprende-se) e há pais que amam os seus filhos se estes fizerem aquilo que eles querem, se se portarem bem, se derem boas noites, se não forem uns chatos. E já agora que tirem boas notas e adorem estudar!
Há pais que amam incondicionalmente os seus filhos. Claro que há. Mas conheço poucos. Muito poucos que sejam capazes de aceitar a natureza dos seus filhos e capazes de educar e disciplinar e guiar com base nesse amor incondicional. E, sinceramente, não há, na maior parte das vezes, mal que venha ao mundo por isso. Porque é normal ficar-se frustrado e porque é normal criarmos expectativas. O que é não é normal é dizer-se que se ama incondicionalmente o dia todo para depois a cara não bater com a careta!

Mas o que eu acredito é que o amor dos filhos pelos pais, esses sim é incondicional. E a prova disso é que há miúdos que são violentados, mal-tratados e a única coisa que querem é serem amados, acarinhados e mimados pelos pais. É estarem no colo, é receberem festas e um olhar de admiração pelo chuto potente que deram na bola ou um "Uau!!"sincero e entusiasmado pelo desenho da Cinderela que fizeram. As crianças não fazem mal. São inocentes e amam sem questionar, desinteressadamente. Estas sim, incondicionalmente. 

Por isso é que quando a educação é uma porcaria, quando são comparadas, humilhadas e mal tratadas dão em adultos completamente 'lixados' da cabeça e que, em terapia vão buscar todo esse passado de falta de respeito, amor e mimo e se questionam: e agora, o que é que eu faço com isto? E agora, como é que eu amo incondicionalmente se eu não fui amado assim? E pimbas, é uma bola de neve...




10 comentários:

  1. sofia ribeiro03 julho, 2013

    Adorei o texto,faz pensar... nunca tinha pensado nas coisas desta forma,mas realmente o amor das crianças por nos é inocente,sincero e mesmo quando cometemos erros eles amam de igual forma. O amor deles sim é incondicional... deviamos prestar mais atençao e aprender mais com eles.

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito quando diz "Mas o que eu acredito é que o amor dos filhos pelos pais, esses sim é incondicional." é verdade!
    Mas também acredito no amor insocndcional dos pais pelos filhos. Embora possamos exigir, embora queiramos, mesmo que inconscientemente que eles sejam perfeitos, fazemos tudo, fazemos o nosso melhor, pode não ser perfeito, mas damos a vida por eles.
    A Magda já me valeu muito, já me ajudou a desconstruir e a simplificar e disse me isso mesmo, por outras palavras disse-me "em vez de querer que ela mude, porque não aceitá-la" estas palavras foram como por magia no meu coração, no meu coração de querer fazer tudo por ela, por elas.
    Se se torna vulgar o " incondicional" eu acho que é porque nenhum pai, mãe que ame os seus filhos, encontre palavras suficientes, capazes, de descrever o que o coração de mae, pai, sentem!
    Para que nada chega para dizer o quanto as amamos!

    ResponderEliminar
  3. Acho que me falta percorrer muito para conseguir amar assim, dessa forma, como descreve, dura, objectiva mas muito verdadeira. Contudo, estou certa que os amo por aquilo que são e não por aquilo que quero que sejam e acho que isto já é meio caminho andado, não? ;)
    Quanto ao amor dos filhos, não poderia estar mais de acordo, eles sim, sabem amar incondicionalmente.
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  4. "Mas o que eu acredito é que o amor dos filhos pelos pais, esses sim é incondicional. E a prova disso é que há miúdos que são violentados, mal-tratados e a única coisa que querem é serem amados, acarinhados e mimados pelos pais."
    Pois eu acho que poucas são as crianças que amam incondicionalmente! Amar incondicionalmente é amar sem esperar nada em troca, como disse a Magda, é aceitar o que vem do outro, da forma como vem, sem julgar... Há assim tantas crianças que façam isso? Talvez os bebés - os muito pequeninos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há sim! aquilo que eu sei é que as crianças copiam comportamentos. Quando lhes dizemos 'se nao vieres, eu deixo-te ficar', elas entram em pânico. A verdade é que muitos pais ameaçam retirar o amor, a atenção para fazer com que as crianças façam aquilo que eles querem. Por isso as crianças fazem, pq nao querem perder o amor. E depois aprendem a fazer como os pais... :(

      Eliminar
  5. Amam enquanto são crianças, nisso acredito. Mas quando crescem nem todos os filhos amam incondicionalmente os pais. Por isso se vê tantos idosos abandonados, tantos idosos que morrem sozinhos em casa e só se descobre passados meses ou anos, pois os filhos nem os visitam, nem telefonam. Ou filhos que deixam de se relacionar com pais por desacordos com as heranças. Muitas vezes o dinheiro fala mais alto do que o amor de um filho por um pai. Triste mas verdade....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É exactamente isso, enquanto crianças amam desinteressadamente porque as crianças são assim... quando crescem é que a coisa pode mudar de figura :)

      Eliminar
  6. E será que todos os adultos amam incondicionalmente os seus pais? Ou simplesmente desistem da relação e o amor dá lugar a uma obrigação?
    Sim, acredito que todas as crianças sintam um amor incondicional pelos pais. Mas já não acho que os adultos amem incondicionalmente os seus pais.
    Acho que muitas vezes, os adultos depois de serem pais e verem "como é fácil dar a vida por um filho" comecem a ver os pais com outros olhos. A questionar a relação que tiveram com os pais, a ausência dos mesmos e o amor que sentem pelos pais, muda. Talvez até desapareça e dê lugar a uma amizade ou mesmo a uma indiferença ou uma "obrigação em ter que gostar porque são meus pais".
    MIsabel

    ResponderEliminar
  7. Adorei este texto...
    Eu tb sou um pouco lixada da cabeça... E em pequena amei incondicionalmente (se é que sei o que isso é!) o meu pai, a minha mãe... E, agora como adulta, questionando muita coisa, já não é bem assim. E tenho saudades desse tempo. E procuro fazer o melhor que posso pelo meu filho, mesmo que não o ame incondicionalmente (com a mesma dúvida de saber o que será isso...), seria capaz de dar a minha vida por ele.

    ResponderEliminar
  8. Amo o meu filho (13 meses) incondicionalmente, pois já me habituei a incertezas do seu futuro, amo-o com as duvidas, não é perfeito e muito menos como o idealizei, ninguem esta preparado para ter um filho doente, sem diagnóstico e com muitas incertezas...muito menos um profissional de saúde da área. O meu problçema é que tenho uma filha mais velha e acho que com este texto fiquei a pensar se a amo incondicionalmnete, pois para ela tenho objectivos definidos e não estou preparada para ela errar, não o permito. Ela é saudável, extremamente inteligente, até mais do que o pedido, com perguntas e dúvidas existenciais e afirmações e memória iniguláveis do alto dos seus 6 anos acabadinhos de fazer. O irmão é persistente e lutador, por isso não lhe posso permitir a ela que não o seja, já que para já as suas capacidades são muito superiores às que o irmão terá. Quem me dera que dentro de anos o mesmo dele pudesse dizer. Vou rezar por isso, ter fé e ver a sorte que o destino me dará. A incerteza é inimiga mas com fé e confiança também poderá ser uma boa aliada. Que achas Magda? Sou egoísta? Não estou a agir bem? Acho que não, mas lidar com a frustação é lixado!!!

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share