Good moms have sticky floors...yeah, right!

17.6.13


Admito que adoro a frase que está acima...

... mas quando a coisa chega a esse nível eu passo-me um bocadinho e levo tudo à frente... 

Embora esteja próxima da corrente minimalista [não o sou mas a Rita foi a razão pela qual começou a haver muito destralhamento cá em casa], a verdade é que a casa pode ficar de pernas para o ar em apenas 5 minutos... e levar perto de meia hora a voltar ao sítio. 

Então, por pontos, olha aqui o que podes fazer, todos os dias, para o bichinho da arrumação começar a nascer no teu filho.

1. Lembra-te que os miúdos são desarrumados. 
E que quando vão para arrumar, pimbas, vêem uma tesoura e um papel e toca a fazer recortes. Ora pois claro, primeiro coisas que dão prazer. E estão certos, em parte... menos para ti que queres ver a casa arrumada.

2. Ensina a arrumar. 
Já paraste para pensar que nós queremos que eles arrumem mas não explicamos como é que se arruma? Que os lápis são com os lápis, e as folhas com as folhas... e os sapatos são no móvel da entrada de casa e não em cima do sofá? 

3. Consistência, insistência, repetição. 
Estou a pensar que se calhar era giro inventar uma música para arrumarem.

4. Arruma com ele. 
E assim estás a assegurar-te que passas a forma como se arruma e que a coisa fica [mesmo] arrumada. E depois até podes dar feedback positivo como deve de ser.

5. Tem menos coisas.
Menos brinquedos, menos papeis, canetas, lápis. Desarruma menos e é mais fácil de arrumar.

6. Usa um cronómetro (ou o tempo de uma ou duas músicas) e torna a coisa gira. Os miúdos adoram competir.

7. Não procures a perfeição. Mesmo! Não dá e só sais frustrada da situação. E ele também e a sentir-se um incapaz. E se se sente assim, da próxima vez terá receio ou pouca vontade para [re]começar.

8. És tu uma pessoa organizada e arrumadinha? És uma sortuda! Porque eles também são influênciados por aquilo que vêem... Não és? Hmm.... :)

9. Já ameaçaste deitar as coisas fora? E depois não deitaste... pois! Eles começam a perceber, passado uns tempos, que é bluff. Que dá vontade de deitar algumas coisas fora, dá. Se ameaças, então faz o que dizes. Se não, mais vale estares calada. E se for para deitar fora, deita aquilo que está estragado e que ele não gosto/não tem interesse. Não deites coisas que sabes que ele gosta, só pelo 'prazer' de lhe ensinares uma lição. Porque, na verdade, aí estás apenas a provocar dor. Logo quando o que querias era ensinar a arrumar... É que educar, lá está, não é um jogo de poder.
Mas voltando ao deitar fora... Pelo menos que sejas coerente. Caso contrário, não ameaças, que cais em descrédito.

10. Lembra-te sempre: Good moms have sticky floors... bla bla bla!

Site AQUI
Facebook AQUI
Blogue AQUI

7 comentários:

  1. Também eu agora começo a sentir necessidade de arranjar um esquema de arrumação para a pequena e acho que o ponto 5 é certeiro :) A minha filha tem tantos lápis de cor que os encontro nos sítios mais escabrosos... Se tivesse menos lápis, seriam menos lápis a perder, a desarrumar e a ter de arrumar no sítio. Ela já arruma, mas tenho de ser eu a arrumar com ela, para ela sentir que me ajuda, ou então, ao fim do dia, antes de ir dormir, pois acho que já percebeu que antes de ir dormir é preciso arrumar os brinquedos. Mas eu gostava muito que ela percebesse que é importante arrumar os brinquedos logo assim que deixa de brincar com eles e não só no fim do dia porque tem de ser e a mãe pede... Para quando? :)

    ResponderEliminar
  2. Ana Sephora17 junho, 2013

    Ai Ai as arrumações!!! Tento que depois de brincar com algo, arrume antes de passar à brincadeira seguinte, e arranjo sempre uma forma divertida dela o fazer e lá vou tendo algum sucesso. Mas outras vezes ela responde: Arrumar dá muito trabalho... então aí é que é mais difícil! A mim a desorganização "visual" provoca-me desorganização "mental", mas tento, juro que tento, abstrair-me do caos e desfrutar de um bom tempo com a minha filha. Para tudo Tem dias...

    ResponderEliminar
  3. És fantástica! Sempre me fazes estar 100% de acordo ctg! E adoro de amor essa imagem de que as boas mães não têm a casa perfeita mas têm filhos felizes (isto liberta-me de algum sentimento de culpa :) ). Embora confesso que uma casa perfeita é maravilhoso! Já lá vai o tempo... a casa da mamã, a casa antes do bebé... ai ai... Tb adoro o minimalismo mas n sou eu e nunca chego a consegui-lo... Vou tentando destralhar, mas acho que nada sai desta casa sem que entre algo novo. Enfim...
    Adorei o post de hoje.

    ResponderEliminar
  4. :) E as desculpas que eles arranjam para não arrumar? E quando eles querem arrumar apensas e só as coisas de crescidos (quer dizer, algo que ainda não é para a idade deles)?
    Confesso que tenho o hábito de arrumar antes de os ir buscar, e chegar e e encontrar arrumado não é a melhor opção, mas dá-me jeito porque me despacho mais depressa.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. tb gosto mt desta frase e nao me sinto minimamente culpada se tenho a casa desarrumada por a nossa família a ter desarrumado. aliás, digo mtas xs "as casas nao sao museus", precisamente pk cresci numa casa em que nunca nada poderia estar desarrumado ou sujo sem que viesse logo um sermao e embora hoje em dia compreenda melhor essa situaçao, na altura é que me sentia culpada isso sim por ter brincado ou desarrumado, nao quero passar essa ideia à próxima geração.
    tenho uma filha de 2 anos e dois labradores, a desarrumação é um problema menor comparado com a limpeza. a casa é aspirada todos os dias, o chao da cozinha é lavado com lixivia quase diariamente, ha cuidados especiais com as roupas e os brinquedos que caiam ao chao, etc.
    desde mt cedo habituei a minha filha a ver-me arrumar, dp a ajudar-me a arrumar, agora a ser ela a arrumar acima de tudo porque é perigoso ter coisas espalhadas no chao (nós podemos tropeçar, os caes podem querer comer e engasgar-se, etc) mas também pk ficam sujas e nao vai poder brincar com elas até voltarem a estar limpas.
    tento nao ter demasiada tralha e ter uma organizaçao logica para tudo e ao alcance dela. além disso temos uma musica para arrumar.
    tudo bem que só tem 2 anos e é bem possível k daqui a uns tempos me desminta, mas por agora sinto-me confiante para dizer que tem funcionado. que ela nao é obcecada com o assunto, mas que compreende e contribui para a limpeza e arrumaçao pk é o melhor apra todos.
    e só mais uma coisa. há alturas em que é simplesmente divertido desarrumar tudo, espalhar tudo, fazer mt barulho e bagunça e caos e rir. e no fim, a mamã pode fazer de robot às ordens da princesa. só de vez em quando, claro!

    ResponderEliminar
  6. também gosto mt desta frase. mas a verdade é que raramente me sinto culpada (quando mt provoca-me uma certa poluiçao visual se quiser trabalhar ao serão por exemplo) por ter a casa desarrumada, é sinal de que a nossa família vive la. aliás, costumo dizer que "as casas não sao museus", precisamente pk cresci numa que mais parecia ser. eu é que me sentia culpada de querer brincar. claro k hj em dia compreendo melhor, mas nao quero passar isso à proxima geraçao.
    na nossa casa vive uma criança de 2 anos e dois labradores. a desarrumaçao é um problema menor quando comparada com a necessidade de limpeza. temos de aspirar diariamente e lavar o chao da cozinha numa base também praticamente diaria. ha cuidados especiais com a roupa, brinquedos no chao, etc. mais por causa dos pêlos dos cães.
    por isso, desde bebé que a minha filha me via a arrumar sempre tudo antes de passar à proxima atividade, depois começou a ajudar, agora é ela que arruma e eu ajudo, em breve arrumará ela sozinha (espera-se). temos uma cançao e tudo. a ideia é que ter coisas espalhadas é nao só perigoso (pk podemos tropeçar ou os caes podem levar à boca e asfixiar) como também pouco higiénico, pk depois nao vai poder brincar com aquelas coisas ate eu as lavar. além disso, tento que a arrumaçao seja logica e tudo ao alcance dela.
    mas também há alturas em que é simplesmente giro desarrumar tudo, espalhar tudo, fazer o maior caos e rir, e depois a mamã pode fingir que é um robot às ordens da princesa. só de x em quando, claro! hehee

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share