O segredo para uma boa relação entre pais e filhos...

5.1.13


A questão é:

O que é que fazes, todos os dias, para que isso aconteça?

3 comentários:

  1. Isto pode parecer básico, mas eu todos os dias lhe digo que gosto muito dele.
    Mesmo nos dias menos bons.

    ResponderEliminar
  2. Falo com ela, mesmo que o vocabulário para responder-me seja curto. Interesso-me em saber como foi o dia, o que fez, com quem brincou. Chego a casa e largo tudo nem que seja por uns minutos e brinco com ela, corremos, jogamos à apanhada e damos gargalhadas. Permito-me ser um bocadinho criança também e deixá-la ser um bebé feliz e arrumamos depois :) e acho mesmo que ela é feliz porque quando está triste procura-me para um abraço ou tenta falar comigo no tal vocabulário curto. Deixo bem claro que estou sempre disponível e é sempre mesmo e que gosto muito dela. Não grito a não ser em perigo ou em extremo, não lhe bato porque acredito e infelizmente sei que bater provoca medo e nào respeito e eu quero que a minha filha me respeite e não que tenha medo de mim. ;) é isto mais coisa menos coisa. É uma casa de gente cansada que trabalha muito, mas é também uma casa de afectos e de disponibilidade para ouvir, estar, conversar e brincar. Beijinho!

    ResponderEliminar
  3. tenho 3 filhos e cada um tão unico-o mais velho não gosta muito de conversa, o do meio fala e fala e fala e a pequenina ainda não nos entendemos bem ...mas com todos eles a técnica é a mesma...gosto muito de ti, tenho orgulho em ti-nunca te esqueças de que estou aqui sempre para ti.
    é a minha tecnica -dize-lo pelo menos uma vez ao dia.
    Claro que tb pergunto como foi o dia, o que comeste, o que brincaste , o que aprendeste e levo muitas vezes a resposta "ai mãe tanta pergunta"

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share