Desafio ... Sem palmadas nem sapatadas!

13.12.12



Nas sessões de coaching que faço, é comum os pais perguntarem-me como é que fazem para não bater, para não se passarem e enfiarem uma palmada no rabinho dos filhos.

A minha resposta, entre outras, costuma ser 'Se não quer bater, não bata!'. E eles dizem-me, por vezes, que não conseguem controlar o impulso. É aí que eu lanço este desafio que te lanço agora também.
Qual é ele?
Uma semana inteira sem palmadas ou sapatadas ou ameaças do género 'olha que levas!'.


E porque é que te lanço este desafio?

Por dois motivos:


1) primeiro porque pode ser que desejes isso mesmo, não dar palmadas ou sapatadas.
2) porque vais ver que vais dar asas à imaginação e perceber que tens mais imaginação do que aquilo que pensas. Vais perceber que tens ao teu alcance outras estratégias e que possivelmente a tua relação com o teu filho vai ficar mais próxima.

O que é que tens de fazer para entrares neste desafio!

Colocares o teu nome neste post - verdadeiro ou um inventado - e colocares a data em que começas e vais terminar.
Todos os dias passas por cá a dizer como correu o dia anterior... E tens de completar uma semana sem palmadas.

Alinhas? 


Site AQUI
Facebook AQUI
Blogue AQUI

13 comentários:

  1. Ana Patricia Revez-13/12/2012 até 31/12/12
    Como não é comum dar palmadas e como vou estar de férias com a minha filhota vou arriscar num prazo mais alargado, vamos lá ver como corre. Ela tem 16 meses e tá numa fase birrenta :)
    BEIJINHOS E OPTIMAS IDEIAS... ADORO O BLOG.

    ResponderEliminar
  2. Acho um bom desafio, mas não vou alinhar: porque aqui felizmente todas as situações mais delicadas e birrentas têm sido contornadas sem recurso a palmadas ou sapatadas!

    ResponderEliminar
  3. ADOROOOO!!!! Alinhava mas ia ser um desafio falseado.
    Só recorri às palmadas 2 vezes ( faz mais de 6 meses atrás) e não só fiquei com um peso na consciencia tramado como tive direito a que a diabita me viesse repetir o comportamento na 1ª oportunidade com direito a bónus de "olhar ruim" à mãe.
    Desde então temos tentado outras técnicas: -olhar fixo enquanto dou a ordem...em voz baixa, mas determinada ( pronto vá...o pai tem mais sucesso nesta!!) ; - retirá-la do sitio e dos objectos da birra e deixá-la acabar de se acalmar ( típico é desatar a atirar comida à mesa ou a bater com os talheres em todo o lado ou por-se em pé na cadeira...e aí vai para o chão até se acalmar).
    Tou curiosa para ver que outras "técnicas" descobriram as mamãs do desafio.
    xx

    ResponderEliminar
  4. Estou no desafio, não que seja de dar muitas palmadas, mas por vezes a ameaça surge e mesmo assim o peso na consciência é enorme, o sentido de culpa fica lá, afinal são nossos filhos e são crianças! Não penso que deva ser entendido como o deixar fazer tudo, mas não é fácil contornar as birras com choro constante, sem um levantar, e sobretudo sem um ameaça, e confesso que detesto faze-lo, mas faço-o, e martirizo-me por tal!
    Um beijinho grande
    Cristina

    ResponderEliminar
  5. Prometo que vou tentar não me passar com as 3 pestinhas mais ternurentas do mundo que quantas vezes me fazem perder a paciência!

    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  6. Prometo que vou tentar não dar palmadas nem sapatadas de 13 a 20 de dezembro, e sobretudo, este o meu calcanhar de aquiles, não ameaçar dar...

    BJ

    ResponderEliminar
  7. De 13 a 20, vou aceitar o desafio!
    Hoje foi tema cá em casa. Sou mais a favor do castigo (adequado) do que da palmada que não leva a nada. Mas nos últimos dias, tenho-me deixado levar mais pelo impulso e volta e meia lá sai uma palmadita! Não resulta e sinto-me mal (sem exageros)!
    E por isso, aceito o desafio :)

    ResponderEliminar
  8. De 14 a 21... alinho.
    Não sou de cair em tentações dessas, mas já agora vou aceitar o desafio e quero ver o que tenho para dizer daqui a uma semana.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. este post nao podia ter vindo em melhor altura! estou no desafio de hoje (dia 17) a 23 de Dezembro, tenho uma "peste" de 4 anos, que em alguns (muitos) dias me leva ao "desespero" e é nesses dias que me salta a bela da palmada...e que admito não funciona, pois passado 5 minutos há outra vez "disparates" e acabo por me deitar de consciencia pesada. Depois digo como correu!

    ResponderEliminar
  10. Aqui tambem nao se da palmadas em ninguem :)

    ResponderEliminar
  11. Nem palmadas,nem sapatadas e nem castigos! E resulta ! Seria injusta se entrasse no desafio, pois não dou nem ameaço, temos técnicas bem mais criativas e que resultam divinamente! A consequência ca em casa tem surtido efeitos muito positivos!! Vou continuar! Obrigada Magda pelos conselhos e sugestões que são efectivamente eficazes!!! E somos todos bem mais felizes ca em casa!

    ResponderEliminar
  12. Nunca dei uma sapatada ou palmada a minha pequena mas ela é muito bebé, ainda não apetece :)
    Será que vou resistir quando me apetecer mesmo ??? grande questão

    ResponderEliminar
  13. Já passaram 5 dias... já saíu uma palmadinha, daquelas que nem se sentem e que não valem a pena! Entretanto, já ficou de castigo... não me lembro quantas vezes, mas dá mais resultado! :)

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share