Inteligência Emocional para miúdos e graúdos: Auto-confiança

8.11.12




Como já deves ter reparado, os temas aqui no blog estão a mudar a forma... Acho que estou a tornar-me mais prática! 

A ideia é ir postando com maior regularidade temas sobre a Parentalidade Positiva, a Felicidade e a Psicologia Positiva. E aos poucos ir abandonando os textos mais longos e explicativos. Claro que os vou continuar a fazer! Mas o objectivo é que estes posts mais curtos possam ser a dica, a palavra que precisavas de ler.
Então vamos lá! 

Uma das formas de desenvolvermos a nossa Inteligência Emocional (IE), e a dos nossos filhos, é passarmos a dar nomes ao que sentimos.

Estarei chatead@ ou afinal será que não estou frustrad@? É bom conhecermos as nuances… Saber o nome ajuda-nos a lidar melhor com o que se está a passar connosco, porque nos apropriamos desse sentimento.  É como se o tivéssemos na mão. E tantas vezes isso é o bastante para a neura passar.

O que é que eu quero dizer com isto então?
Quero dizer que por vezes confundimos auto-confiança numa criança (e até num adulto) com comportamentos do tipo mandão e respondão. E a auto-confiança tem a ver sim com ser-se assertivo, com sentir-se seguro de si e competente. 

Quando queres desenvolver a tua auto-confiança ou até a do teu filho, procura desenvolver os comportamentos que te falo acima. Ser mandão ou respondão nada têm a ver com uma IE equilibrada.

1 comentário:

  1. E quando não sabemos o que temos, ou a sua origem, ou que nome lhe atribuir?
    Gosto destas dicas Mum's. Muito obrigada pelas tuas "achegas" sempre tão válidas.
    Bjs

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share