Dicas para o final do dia

6.11.12


Pois é, este post é para fazermos a meias...
Cada uma de nós partilha aquelas dicas que sabemos que funcionam connosco no final do dia. Se ontem falávamos do acordar, hoje é daquele momento em que chegamos a casa e temos de brincar, cozinhar and so on and so on...
Conto contigo!

12 comentários:

  1. Um final de dia feliz? pode parecer cliché...mas é estar na companhia da minha filha, brincar com ela, cheira-la, beija-la, fazer-lhe cócegas, abraça-la.....sou completamente viciada na minha filha =)

    ResponderEliminar
  2. Só depois de estar com a minha filha e que apanho força para fazer o que me espera em casa....

    ResponderEliminar
  3. Um final de dia feliz é brincar muito com a minha filha, um bom jantar, banhoca à princesa, miminhos beijinhos, cafuné, a Princesa adormece e ai a mãe vira gata borralheira!!! depois de tudo organizado para a manhã seguinte, um sofazinho e um bom livro!!! Tento sempre o deitar cedo e cedo erguer, mas o deitar cedo escapa-me sempre!!!

    ResponderEliminar
  4. Dia Normal - Como agora trabalho apenas de manhã, tenho 3 horas só minhas antes de ir busca-la que dedico às minhas coisas, só minhas. Com isso despachado é ir busca-la à escola, quando conseguimos vamos os dois (eu e o pai) e ela adora. O pai vai para casa ter o seu momento só dele e as meninas vão dar uma caminhada na marginal paramos a meio para ela comer uma bolacha e voltamos para casa. Aí o pai pega o turno do banho e eu pego no jantar, a seguir trocamos ele acaba o jantar e eu vou tratar das coisas para o dia seguinte (mochilas, roupa, etc) e sentamo-nos todos à mesa por volta das 20h30 depois do jantar um de nós trata de arrumar tudo e o outro entretém até que nos enfiamos os três no Sofá a brincar, depois mudamos as luzes e vamos buscar os livros (é sinal que já não é para ir para o chão brincar) e ficamos a ver os bonecos e a fazer miminhos até que ela fica toda mole, encosta-se a mim e eu vou po-la na cama e volto para o sofá namorar um bocadinho... quando entretanto o pai já não se deixou dormir :P às vezes até dá para ver um filmezinho.

    ResponderEliminar
  5. Para entrar em modo home, preciso de uns bons cinco minutos só para mim! Para descalçar os sapatos, e sentir a carpete do quarto debaixo dos pés antes de calçar os chinelos, tirar a roupa laboral que aperta até a alma e trocá-la por um conjunto confortável de trazer por casa (sou adepta da home fashion, btw espreitem as coisas da zara home e da oysho neste departamento!), respirar fundo e... partir para a brincadeira com o meu filho, entre jantares, banhos e a rotina do final do dia...

    ResponderEliminar
  6. Ir buscar o filhote à escola e dar um saltinho ao parque (mesmo com o lusco fusco) e em casa pedir para ele me ajudar a pôr a mesa. Fica feliz por poder ajudar nas tarefas da casa. A EVITAR: IR COM ELE AO SUPERMERCADO AO FINAL DA TARDE!

    ResponderEliminar
  7. Para que os afazares de final de dia corram da melhor maneira, a primeira coisa a fazer é mesmo brincar! tudo o resto que espere!Depois o rapaz vai á vidinha dele e eu vou à minha! Bom, bom, bom e final de dia memso feliz é brincar até chegar o sushi a casa e não ter de fazer jantar!!

    ResponderEliminar
  8. Aqui para que tudo corra bem, a técnica é ir ao banho assim que chegamos à casa (também não é difícil, porque chegamos por voltas das 19h20). Se a deixo pegar em algo, ligar a tv ou brincar, está tudo estragado!
    Portanto assim que chegamos é banhoca, com direito a chapinhar e a fazer bolas de sabão na banheira, e com calma ainda se atiram uns jactos com a mini pistola de agua! ;)
    Aproveito o secar/pôr creme/vestir para fazer muitas cócegas, dar miminhos e muitos beijinhos!
    Depois começo a adiantar o jantar. Quando está praticamente a meio, chamo-a para ela pôr a mesa, e ajudar a lavar tomates para a salada (ela adora lavar tomates, numa bacia pequena, e depois lava a bacia, e a pia! Entretém-se ali, fica feliz da vida, e sempre vamos conversando sobre o nosso dia, é muito melhor do que eu estar na cozinha, e ela na sala a ver tv!). Depois jantamos os 3 à mesa, tentamos conversar sempre entre garfadas, depois do iogurte ou fruta, vamos para a sala brincar um bocadinho, depois vê um desenho animado, depois é xixi e lavar os dentes! A seguir lemos uma história curta, e nisso já são quase 21h30, hora de ir para a cama!
    É sempre a correr, mas com o máximo de carinho, miminhos e brincadeiras, e tentar conversar muito. Gosto de saber como foi o dia dela. A minha filha não é de falar muito sobre a escola em casa, nem sobre o que acontece em casa na escola. Mas se perguntar conta tudinho: as brincadeiras, com quem brincou, quem é que já não é amigo, quem é namorado de quem, nunca mais acaba, eheheheheh

    ResponderEliminar
  9. o que é engraçado nas respostas que fui lendo...são finais de tarde para quem tem 1filho-por aqui com três é bastante mais caotico.
    Por aqui chego a casa e começo a ver os trabalhos do mais velho e preparar logo os sacos para o dia seguinte, preparo jantar enquanto eles brincam, pintam e brigam...de 2em 2segundos tenho um de três aos meus pés...trato das coisas que tenho de tratar, dou sopas,o pai chega (nos dias em que temos sorte) e jantamos todos juntos sem tv, enquanto arrumo a cozinha estão a a matar saudades do pai e vamos todos para o banho...eu lavo o pai trata do resto , ou vice versa...depois hora de relaxar no sofá os 5 enroscadinhos e antes das 10h estão os 3 na cama depois de leites bebidos -eu a maior parte das vezes aproveito para ter o meu momento leitura em dia que á minha cabeça faz maravilhas-é o meu momento.
    As entrelinhas são as brigas e disputas por brinquedos, o mãe ele disse isso, mãe ele chamou-me aquilo, o frasco do arroz que estava na beira e ela fez a gentileza de espalhar no chão, ou os brinquedos que vão parar á sanita-tudo isto faz parte dos nossos dias bons:).
    Não fui grande ajuda ...

    ResponderEliminar
  10. Sempre que saimos dos empregos (17h) levamo-la a passear ao parque ou a lanchar com a avo, brincar e mimar.. as 19h chegamos a casa, o pai dá banho, a mae prepara a comida dela e dos cães. 19h30 esta a mesa, vai comendo sozinha ou ajudada e eu vou lavando a loiça e o pai preparando o nosso jantar. Vamos falando com ela (sem resposta porque ela ainda nao diz quase nada, tem 18 meses) e assim que ela acaba de jantar, o pai lava-lhe os dentes, eu ponho a nossa mesa. As 20h ela esta a dormir e nos as 20h estamos a jantar. Tudo o resto ficou feito durante a manhã (maquinas da roupa ou sopas na bimba). A partir dai o tempo é dos dois até novamente às 7h da manhã.

    ResponderEliminar
  11. O Pai vai levá-la e busca-la á escola, ás vezes ainda a leva ao parque ou vai lanchar com ela, eu só chego por volta das 19h.Quando chego a casa vou enche-la de beijos e abracinhos para matarmos as saudades e porque acho que estar com eles em exclusivo 10 minutos sem telefones, televisões e outras distrações é fundamental.o Pai põe-na na banheira e dá banho enquanto eu adianto o jantar, eu tiro-a do banho, fazemos uma brincadeira enquanto lhe visto o pijama,e mesa. Aproveitamos para saber como correu o dia e para a deixar dizer o que lhe vem á cabeça, o que também é importante para desfazer "fantasmas".às vezes quando o tempo permite, trago-a para a cozinha comigo e ajuda-me a fazer o jantar-ADORA! tem 4 anos acabadinhos de fazer.
    Margarida Zamith

    ResponderEliminar
  12. Boa!! Tou a Sónia...nós somos 4, dois crescidos e duas pequeninas, e é um bocadinho mais complicado! Geralmente eu vou buscar a mais velha e o pai a mais nova. Chegamos todas perto das 19h...aproveito os 20 minutos de caminho para põr a conversa em dia...como correu o dia, o que fizeram no colégio, e sobretudo para lhe "sondar" a disposição...Do alto dos seus 3 anos e meio, a D. Birra ainda aparece algumas vezes. Se está bem disposta e tranquila, entramos logo em velocidade cruzeiro: Beijos, abraços, 10 minutos de brincadeira, ajuda a fazer o jantar, brinca deliciosamente com a mana. Se estamos em modo cansado, birrento...aí demora mais. Preciso de 20 minutos de mimo especial, faço mais concessões em relação a tudo (pode escolher se quer brincar, ver tv, que programa, se quer tomar banho antes ou depois do jantar, se quer apenas uma mantinha e bolachas). Depois chega a mais pequenina...1ano e meio. Mais um bom bocado de mimo, atenção personalizada...cantar uma canção, uma mini sessão de cócegas.
    E depois...começamos a correr...fazer jantar, pôr a mesa, dar as sopas, preparar os pratos, descascar a fruta, dar os banhos, preparar mochilas, arrumar o necessário.
    15 minutos no mínimo, em exclusivo para cada uma antes de dormir, enquanto o pai arruma a cozinha...ler história, mudar fraldas, lavar dentes...
    Agora...dicas... adaptar, reorganizar, flexibilizar. Se não quer mesmo, mesmo tomar banho hoje, toma amanhã...se o jantar não é tão caprichado, é menos...se a sala não fica arrumada, paciência.
    Partilhar...falar, perguntar. Decidir em familia, incluí-los no possível.
    E acima de tudo manter o sentido de humor quando a mais nova se atira do sofá, ou quando decide esmagar uma bolacha e espalha-la pelo corredor...depois de a meter na boca. Manter o sentido de humor quando a mais velha quer ouvir a mesma música 40 vezes seguida até nos levar às nauseas, ou quando pq é uma crescida não quer ajuda na casa de banho e a deixa um verdadeiro caos. Manter a calma quando partem uma garrafa de azeite e a familia em peso patina no chão da cozinha...E tentar manter um bocadinho reservado para depois de deitar as princesas, relaxar a dois, namorar, descansar...nem que seja por 10 minutos.

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share