Outra forma de educar [interessante]

16.2.12
Quando somos implicados nas coisas, sejam elas quais foram, passamos a ser parte responsável dessa coisa e, inevitavelmente, do seu sucesso ou fracasso.

O objectivo deste blogue é dar-te a conhecer outras formas de educar para que reflitas sobre a forma como o fazes e se ela é ou não congruente. É mostrar-te que há mais formas (+) de o fazer. Não há só uma, muito pelo contrário...
Não gosto de dizer que há formas erradas ou certas de o fazer. Há sim resultados, mais perto ou mais longe daquilo que desejamos e sonhámos. Há sim uma realidade, que é a tua, e há uma forma de fazer as coisas - que é a tua. E, felizmente, há formas de evoluir, também ;)

Por isso, partilho aqui um vídeo que me foi dado a conhecer por um amigo meu que viveu uns tempos no Japão. Diz ele que está tão fascinado com a forma como eles educam os miúdos por lá e que sonha um dia educar os dele, quando os tiver, nesse país. Diz ele que quando lá chegou, ao Japão, teve o sentimento de ser um bárbaro. Que toda a nossa civilização é bárbara ao pé da deles.

E eu fiquei tão curiosa que quis saber mais. E o meu amigo Francisco enviou-me este vídeo que me pôs a pensar mais sobre o nosso sistema.

E se isto não dá para acontecer nas nossas escolas, seja por que motivo [ou desculpas] for, dá, de certo, para acontecer por casa. Na minha e na tua. Está nas nossas mãos fazer melhor.

P.S. Sublinho o facto de isto ser uma possibilidade (ou alternativa - como quiseres chamar) e de fazer apenas aquilo que me faz sentido. O respeito mostrado ao professor, no final da aula, pode ser manifestado de outra forma, alright? São outras formas apenas, não são dogmas, certo?

3 comentários:

  1. Obrigada pela partilha! :)
    Muito bom, mesmo!

    ResponderEliminar
  2. Engraçado que ainda ontem, com a minha irmã, falavamos na maneira de o nosso pais nos preparar para sermos melhor, e eu defendi que o nosso pais não nos prepara para sermos os melhores, é mais o deixa andar que com sorte ainda vais ser alguém na vida :(

    Agora obviamente que estou a generalizar.

    ResponderEliminar
  3. http://www.japantoday.com/category/have-your-say/view/if-you-saw-an-adult-hitting-or-otherwise-roughly-handling-a-child-in-public-would-you-intervene-or-just-mind-your-business-and-assume-it-was-a-parent-disciplining-hisher-child

    Muita pancadinha é o que levam os meninos japoneses quando säo pequeninos e para se comportarem assim. Até parece bonito e se calhar as nossas escolas podiam adoptar algumas coisas, mas a verdade é que o tipo de educacäo em que se é extremamente rigido e que se está sempre a classificar a performance arruina com a criatividade do ser humano em potencia.

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share