Da TV

24.2.12




Hoje ligaram-me da Zon a oferecerem-nos um serviço de Internet+telefone+tv (4canais) por um valor simpático.

E diz ele:
- ‘Temos os canais de filmes, de desenhos animados.... Tem filhos?’
- ‘Sim, tenho’.
- ‘Pode aderir e ter canais de desenhos animados xpto’.
- ‘Entendo. E diga-me, plano sem tv, têm?’
O senhor fez um silêncio grande e perguntou
-‘Mas não vê tv?’
- ‘Não’.-
Silêncio, de novo...
-‘Nem os 4 canais, nem os serviços informativos?’
-‘Não’.
- ‘Pois... se calhar está melhor assim’.

E eu dei por mim a pensar que, de facto, estou! Ora pensa comigo: não é que escolho as notícias que quero ler nos jornais digitais, vejo os filmes e as séries que me apetecem (e poucas) e tenho muito mais tempo para outras coisas, como ler, escrever no blogue, namorar e brincar?

Não ver TV (leia-se os canais de televisão – porque vejo filmes e séries) não foi uma decisão que tomei. Foi acontecendo. Nunca tívemos TV por cabo e na outra casa onde estávamos o consumo já era pouco. Quando viemos para esta, colocámos uma parabólica mas mesmo assim não foi o suficiente para nos fazer ver mais TV. E um dia, depois de uma brutal tempestada em que tua ficou desconectado, desligámos tudo.
Ainda assim tenho a certeza que se tivesse um serviço de cabo seria consumidora. Porquê? Primeiro porque quando vou para fora em trabalho, fico deliciada com a fox e canais do tipo. Depois, porque se pagasse pelo serviço ia querer consumir. E depois, porque eu sei que me vicio facilmente numa série. Tendo essa noção, decidimos não aderir a nada... E sinto-me muito feliz por isto porque evito poluíções extras e invisto o meu tempo em coisas que gosto mais.

Á pergunta ‘mas não sabes o que se passa no mundo’ e à ‘andas a perder programas espectaculares’, respondo ‘enquanto eu souber que continuamos a usar o Euro e enquanto tiver acesso a jornais e a pessoas, estou informada’. E depois, os programas podem ser interessantes para ti e menos para mim, certo?’ Não me faz falta nenhuma... E tenho a certeza que cá em casa somos bem mais felizes assim ;)

E tu, sentes-te tentada em reduzir o consumo de TV? O que é que te motiva?

15 comentários:

  1. Eu assumo que ligo a tv assim que chego a casa para me fazer companhia. Depois, assim que vou buscar os miudos vemos muito canal Panda, Baby tv e afins.
    Telejornal às vezes, porque gosto de ver as notícias de manhã, apenas.
    Mas acho que não vivo sem o bicho. Os meus filhos idem. Agora o marido não vive é sem computador, isso é que era uma tragédia para ele ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assumo que a Internet, depois dos livros, é a minha maior dependência. Nem de propósito decidi reduzir as vezes que cá venho para menos de metade. Tem de ser.E acho que vai ser mesmo muito bom!
      Nany, acho mesmo que o mais importante é que a vossa decisão seja boa para vocês. A ver se deixo aqui um teste que fizeram a umas famílias: tiraram a TV durante uma semana e os resultados foram surpreendentes!

      Eliminar
  2. Tentadíssima... mas o vício é mais forte que eu!!!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Princesa: experimenta reduzir - não sabes como vais reagir e, se calhar, não tens nada a perder, certo ;)

      Eliminar
  3. Quando digo que só tenho uma televisão em casa e que raramente é ligada levo com olhares de só-podes-ser-um-et. :) Não tenho o hábito de chegar a casa e ligar a televisão. Tenho o hábito de chegar a casa, trocar de roupa, adiantar tralhas domésticas com música de fundo e, ao serão, ver um filme, uma série, ou vaguear pela net com música a acompanhar. Leio sempre antes de adormecer, é a minha forma de melhor fechar o dia: viajar com um livro. A televisão deixa-me nervosa. Ver os telejornais deixa-me deprimida (e sou uma pessoa informada mas, lá está, hoje em dia não é preciso ver-se televisão para se estar informado), prefiro ler jornais online de vários países e aproveito para treinar o meu francês, inglês e espanhol. Ter mil e um canais à escolha é um stress e só uso aqueles que transmitem as séries que gosto de ver e os filmes que sei que vão passar. Normalmente até opto por gravar e ver tudo depois. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tu e eu, ana, devemos ser do mesmo planeta ;) I know the feeling!

      Eliminar
  4. Quando mudámos de casa, estivemos quase um mês sem tv... foi tão bom. Por vezes sabe bem viver na "ignorância". Claro que sabíamos o que se passava no mundo, mas não éramos constantemente bombardeados com tristezas, calamidades, etc, etc.
    Hoje em dia, a tv está quase sempre sintonizada na Fox ou no AXN ou então, simplesmente, desligada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ;) Nice, Rita! Vives melhor assim, com menos infos ou sentes falta de estares actualizada ao minuto? Eu sei que há pessoas assim, mas mais por motivos profissionais.

      Eliminar
  5. Analisando:)
    ter um pacote de bolachas e comer todo o pacote em 5 minutos
    ou
    não ter o pacote de bolachas com receio de o comer em 5 minutos
    eu escolho
    ter o pacote de bolachas e saber que não posso ou não devo comer tudo em 5 minutos

    gosto de ser eu a controlar a "coisa" e não a "coisa" a controlar-me

    Portanto, prefiro ter tv e saber gerir bem o tempo que passo a ver a dita, ser seletiva em relação à programação, a meu ver não adianta fugir das tentações, temos que as saber enfrentar, deixa-nos mais fortes e muito mais confiantes.

    http://amanhecertardiamente.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Tenho TV, consumo muito mas não da forma ficar em frente a ela a ver. Vivo sózinha com a minha gata de 2ª a 6ª feira, e então ligo só para ter a compan hia das vozes dos programas enquanto trato da casa ou trabalho, pois levo sempre muito trabalho para fazer em casa. Fora isso,por vezes nem oiço as notícias, pois logo de manhã leio-as na net. Odeio telenovelas mas adoro algumas séries que vejo na net aos domingos à tarde com a família. Sinceramente a mim faz-me muita falta, mas somente por companhia.

    ResponderEliminar
  7. eu estive 9 anos sem tv, não me fez falta nenhuma. agora, temos ali uma muito antiga, porque o natal passou a ser cá em casa e as crianças pediam sempre para ver desenhos animados ou aqueles filmes natalícios. raramente a ligo, porque aqui somos adeptos de documentários que descarregamos da internet, algumas séries e filmes seleccionados, o que vemos no mega MAC que aqui temos. não gosto da sensação de desligar a tv e constatar que não vi nada de jeito e que só perdi tempo. prefiro aproveitá-lo a ler ou a conversar. ainda há amigos que vem cá a casa e só reparam na tv ao fim de algumas vindas :). ah, e as notícias, a actualidade, são seleccionadas. leio o que quero na net e não o que me "impigem".

    ResponderEliminar
  8. Nós já tivemos 4 televisões em casa - uma vergonha, bem sei. Agora temos 3 e ando a tentar livrar-me de 2(a da cozinha e a do quarto dos miúdos) para ficarmos só com a da sala. Por mim, nem uma televisão tinha... Ainda no fim de semana perguntei ao meu respectivo que tal acabarmos com a tv cabo, e ele ficou a olhar assim com um ar... a pensar que eu não estou boa da cabeça! Eu só vejo o How I met your mother na Fox e gravo as Desperate Housewifes e Grey's Anatomy para ver quando estou a passar roupa a ferro... Já não vejo notícias - fico deprimida...

    ResponderEliminar
  9. lá em casa, quando eles chegam da escola, vêem-se os canais infantis. nós vemos essencialmente séries e filmes, depois de os deitar. eu vivia bem sem os canais 'normais', desde que conseguisse consumir as minhas séries e filmes, mas ele não vive sem a sportv :(

    ResponderEliminar
  10. Sei que sou uma prisioneira, mas não sou capaz... Series e filmes, vejo e gosto muito, o cinema está cada vez mais caro e como não compro series nem as tiro da net, fico com o AXN, Fox, Fox life... Os putos, tenho momentos em que sinto que o panda cumpre mesmo o seu papel... (mas é uma inimiga perigosa para a intimidade, sem dúvida)

    ResponderEliminar
  11. É de facto uma questão de hábito. Cá em casa estivemos 2 anos sem TV (leia-se sem antena, tv cabo, etc). Víamos os filmes, séries, documentários etc através do pc. Com a adesão aos pacotes voltámos a ter tv, mas continuamos a ver poucos canais. Mas já se ganhou (ou regressou) o hábito de fazer zapping, por exemplo, para ver o que está a dar :)

    ResponderEliminar

Obrigada por leres e por comentares!
Todos os comentários são bem-vindos excepto os que 'berram alto'...Esses são, naturalmente, eliminados!

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share